LCS = Limbo Central Studio. 2006-Hoje, por Diogo Corgosinho Borges i.e. Diogo C. 

Diogo C. = CEO/CFO, GTFO, Fazedor de Café y Barulho.

  • Técnico de som polivalente
  • Prefere produzir, mixar ou zoar com sintetizadores
  • Ex-baterista de Death Metal, ex-produtor de Dark Trance, membro do Despot
  • Editor de conteúdo e moderador do fórum Gearslutz
  • Colaborador em diversas empresas de desenvolvimento de software para áudio
  • Créditos e discografia
  • Bacharel Licenciado em História com atuação profissional em patrimônio cultural
  • Pós-graduado em Gestão de Projetos
  • Autodidata no resto
  • Infância nos anos 80, raízes musicais nos anos 90, facilidades dos anos 00
  • Rock, Metal, Jazz, Eletrônico, Outros – nessa exata ordem de preferência
  • Pai de cachorro
  • Sagan, Žižek, Camus, Marx, Deleuze
  • Quase na casa dos 40, definitivamente ficando grisalho
  • Futebol, F1, MMA, From Software Games
  • Discos em 2019:
    • Portishead – Third
    • Fleetwood Mac – Rumours
    • GoGo Penguin – A Hundrum Star
    • Enslaved – RIITIIR
Advertisements